Festival Olhares do Mediterrâneo 2017

Festival Olhares do Mediterrâneo 2017

O Festival de Cinema no Feminíno conta em 2017 com grande presença espanhola.

Os Olhares do Mediterrâneo – Cinema no Feminino promovem a exibição de filmes oriundos da bacia mediterrânica, com o objectivo de estimular o conhecimento das cinematografias provenientes desta zona geográfica. O Festival pretende divulgar o papel da mulher na produção cinematográfica, dando particular visibilidade do seu trabalho e promovendo o intercâmbio com os profissionais do cinema em Portugal.

A aventura de fazer os Olhares do Mediterrâneo começou no início de 2013 e nasceu da vontade de trazer a Lisboa um festival semelhante ao Films Femmes Mediterranée, o modelo inspirador. A ideia foi acolhida e acarinhada por várias pessoas que se empenharam pessoalmente na concretização do projecto e pelo CRIA (Centro em Rede de Investigação em Antropologia). Objectivo inicial e principal: mostrar em Lisboa filmes realizados por mulheres de países do Mediterrâneo.

Volvidos quase quatro anos, e graças ao envolvimento e aos contributos dos diversos membros do grupo, o conceito evoluiu e assumiu contornos próprios. Realizaram dois festivais multidisciplinares de três dias, um ciclo de cinema espanhol com o apoio do Instituto Cervantes e a Embaixada de Espanha e foram duas vezes ao Shortcutz Lisboa.

Olhares do Mediterrâneo


Filmes espanhóis em exibição

Martina, ay Martina

  • Quinta-feira 28 setembro 2017 às 14:00.
  • De Fátima Martín, Espanha, 2016, 12 minutos.

Hoje um cometa vai destruir a terra. Martina prepara a sua sanduíche com a certeza que o seu mundo vai acabar. Mas afinal é só o amor…

Fres Boi

  • Sexta-feira 29 setembro 2017 às 14:00 e Domingo 1 outubro 2017 às 14:30.
  • Cristina Vilches y Paloma Canonica, Espanha, 2015, 7 minutos.

No meio do Árctico, um esquimó perdido encontra um laboratório abandonado. Ali, trava uma amizade inesperada.

El Peso de la Manta

  • Sexta-feira 29 setembro 2017 às 16:30.
  • Vários autores, Espanha, 2016, 36 minutos.

Da esperança e da luta dos manteros, imigrantes ilegais em Espanha que se dedicam à venda ambulante, surge a força para criar um sindicato.

Beti bezperako koplak

  • Sexta-feira 29 setembro 2017 às 19:00.
  • De Ageda Copla Taldea, Espanha, 2016, 6 minutos.

Este colectivo do País Basco traz-nos uma animação de 13 versos denunciando a violência sexista em Espanha.

Smile

  • Sábado 30 setembro 2017 às 19:00.
  • De Fernando Pozo, Espanha, 2016, 64 minutos.

Raúl, um adolescente com paralisia ce- rebral expressa-se através dum mimo. David, um menino com autismo que gosta de aviões e tem uma obsessão por folhetos publicitários.

Le Chat Doré

  • Sábado 30 setembro 2017 às 21:30.
  • De Nata Moreno, Espanha, 2017, 6 minutos.

Num barracão, um grupo de músicos tenta criar arte sob a pressão dum maestro tirânico. Como defender a liberdade de expressão musical?

Lucrecia

  • Sábado 30 setembro 2017 às 21:30.
  • De Eva Marín, Espanha, 2016, 12 minutos.

Aos 50 anos, uma actriz vê-se remetida ao anonimato e à luta pela sobrevivência: há poucos papéis para mulheres da sua idade.

Aquí es posible, Comunicación S.L.

  • Domingo 1 outubro 2017 às 14:30.
  • De Blanca Zaragüeta, Espanha, 2016, 23 minutos.

Andoni, dono duma agência de publicidade, conhece o vizinho que tem síndrome de Down e as possibilidades revelam-se infinitas.

La Invitación

  • Domingo 1 outubro 2017 às 14:30
  • De Susana Casares, Espanha, 2016, 14 minutos.

O receio de perder as amigas, leva Silvia, de 10 anos, a convidar as colegas da escola para uma festa do pijama… o que pode ser complicado quando não se vive numa casa.


Outras atividades com participação espanhola

Tradição Oral Mediterrânica: Ditados Populares Espanhóis

  • Sábado 30 setembro 2017 às 11:00.
  • Workshop de língua de Ana Isabel Guzmán no Instituto Cervantes de Lisboa.
  • Entrada livre.
  • Cinema
  • Lisboa
  • Qui, Setembro 28 —
    Dom, Outubro 01, 2017

Foro

Venue map

Cinema São Jorge, Av. da Liberdade 175, 1250-001 Lisboa

Entradas

Preços: sessão 4€ normal e 3,5€ reduzido; passe curtas-metragens 12€; passe 5 sessões 15€; livre-trânsito festival 40€; bilhete familiar 9€. Bilhetes à venda na bilheteira do Cinema São Jorge

Mais informações

Olhares do Mediterrâneo

Créditos

Organizado pelo Grupo Olhares do Mediterrâneo e o Centro em Rede de Investigação em Antropologia (CRIA). Com o apoio da Seção de Cultura da Embaixada de Espanha (AECID)

Ferramentas