Cairo de Anna Borrás e Jorge Crecis

Cairo de Anna Borrás e Jorge Crecis

Artistas espanhóis na 24º Quinzena de Dança de Almada.

Criado em 1992, o festival Quinzena de Dança de Almada – International Dance Festival é hoje um espaço para a apresentação e promoção da Dança, oferecendo ao público um conjunto de eventos bem representativos da Dança Contemporânea nacional e internacional.

Além dos espetáculos, o Festival oferece outras atividades relacionadas com a dança, como workshops, exposições, encontros, vídeodança, etc. em espaços formais ou informais, abrindo assim a possibilidade de diálogo com a arquitetura urbana. Incluída no Festival, a Plataforma Coreográfica Internacional abriu o evento à participação de companhias e criadores independentes de Dança Contemporânea de todo o mundo, tornando-se num importante ponto de encontro para coreógrafos e bailarinos.

Com um espírito sempre aberto a novos desafios, o Festival inaugura desde 2013 uma política de divulgação dos profissionais da dança, através da homenagem a artistas que marcaram a história recente da dança em Portugal. No que respeita as restantes atividades do Festival, elas são marcadas por várias iniciativas, com o fim de divulgar a prática da dança junto de diversos públicos, desde os mais jovens até à população sénior.

O espetáculo Cairo, de Anna Borrás e Jorge Crecis, faz parte da Plataforma Coreográfica Internacional – Programa I:

  • Charon, de Julia Maria Koch, Alemanha.
  • Cairo, de Anna Borrás e Jorge Crecis, Espanha.
  • The Cold that Creeps in with a Thousand Cuts, de Jereh Leung, Singapura.
  • !ESCUTA!, de Filipe Moreira, Portugal.
  • Armed, de Dana Ruttenberg Dance Group, Israel.
  • Artes cénicas
  • Almada
  • qui, 20 de outubro 2016
  • 21:30 – 23:00

Foro

Teatro Municipal Joaquim Benite, Sala Experimental, Av. Prof. Egas Moniz, 2804-503 Almada
212-583-175

Entradas

Bilhetes (normal: 6€; para jovens e séniores: 4,20€)

Mais informações

24º Quinzena de Dança de Almada

Créditos

Organizado pela Companhia de Dança de Almada. Com o apoio da Câmara Municipal de Almada e da Seção de Cultura da Embaixada de Espanha em Lisboa (AECID).

Ferramentas