Realismo contemporâneo espanhol

Realismo contemporâneo espanhol

Os artistas espanhóis José M. Madrid Sanz e Antonio Sánchez Gil combinam dois estilos diferentes dentro da pintura realista e realizam uma conferência sobre o atual estado da arte.

O hotel Eurostars Museum acolhe a exposição coletiva Realismo contemporâneo espanhol, dos artistas José M. Madrid Sanz e Antonio Sánchez Gil. Trata-se de uma mostra enquadrada no projeto Marca Arte España, que divulga a arte espanhola atual pelo mundo.

A exposição é composta por quatro obras de Ma Madrid Sanz –Se derrite, Ave del paraíso, Sueño contigo e Brown– que fazem parte da corrente de Pop Art. Junto a estes são expostas cinco obras marinhas do artista Antonio Sánchez-Gil, intituladas Collares de agua, Impulsión ascendente, Monte de coral, Surtidores e Chorreando. Todas elas são obras pintadas a óleo sobre tela.

“Nas minhas obras faço de tudo para que quem as vê não fique indiferente”, explica José Ma Madrid Sanz. “Quero que sejam criativas, cheias de luz e de cor”. Por outro lado, Antonio Sánchez-Gil mostra nas suas obras marinhas “o poderio das suas formas plásticas cheias de beleza”.

José M. Madrid Sanz (Madrid, 1957) leva a cabo um tratamento minucioso da luz e da cor nas suas obras, facto que cria uma sensação agradável. Para além de utilizar óleo, aplica camadas nos seus quadros hiper-realistas. Ao longo da sua carreira expôs em diferentes cidades espanholas e publicou o livro Del color al blanco y negro (2009).

Antonio Sánchez-Gil é um Engenheiro Técnico de Telecomunicações reformado que se formou em Artes Plásticas com o pintor e gravador Antonio Zarco e de forma autodidata. Atualmente, utiliza diferentes técnicas artísticas e realiza master classes e workshops de pintura e desenho.

Conferência

Para além da exposição Realismo contemporâneo espanhol, ambos os artistas realizarão uma conferência intitulada A situação da arte atual, dia 3 de agosto, às 18h, no Salão Olissipo do Eurostars Museum. La conferência tambén terá a presença de Álvaro Lobato de Faria, presidente da instituição Movimento Arte Contemporânea (MAC), e dos críticos de arte Dan Caragea e Antonio Calderón de Jesús. Juntos analisarão o estado da arte no mundo.

A inauguração terá lugar quinta-feira, 2 de agosto, às 18h.

  • Artes visuais
  • Lisboa
  • Qua, 1 de Agosto —
    Dom, 30 de Setembro 2018

Foro

Hotel Eurostars Museum, R. Cais de Santarém 40, 1100-104 Lisboa
211-166-100

Entradas

Entrada livre

Créditos

Organizado pelo Hotel Eurostars Museum. Image: Se derrite de José M. Madrid Sanz

Ferramentas