Uxía em Coimbra

Uxía em Coimbra

A artista galega regressa a Portugal para o fecho da tour “Meu Canto” em Lisboa, Porto e Coimbra.

Uxía apresenta-se no Teatro São Luiz de Lisboa, no Conservatório de Música de Coimbra (num espectáculo inserido na programação Quintas do Conservatório) e na Casa da Música no Porto, com os concertos comemorativos dos seus 30 anos de carreira.

No universo da world music, Uxía é a música da Galiza. Nas ruas de Santiago de Compostela, é realeza. E, para os músicos lusófonos uma verdadeira Embaixadora. Cantora, compositora e amante de poesia tem assumido um papel de grande relevância no estudo e divulgação da música galega.

Apresenta o espectáculo Meu Canto –baseado no disco homónimo–, releitura de alguns temas históricos da sua carreira, a par de temas inéditos. Uma proposta despojada de quaisquer artifícios em que o fundamental é a palavra cantada na sua voz de excepção. Meu Canto, porque a maioria das canções contém a palavra “canto”, uma reflexão sobre o acto de cantar e as suas emoções. A voz. Uma voz mais profunda e prístina do que nunca. Uma voz que mostra toda a força e vulnerabilidade com que Uxía chega a este ponto do seu percurso: com a convicção de que um povo que canta desde tempos imemoriáveis não pode perder um instrumento fundamental como a própria voz.

Depois de vários concertos integrados em festivais e eventos, como o Festival Músicas do Mundo de Sines, o Festival Cantigas de Maio, Intercéltico ou o Projecto Afinidades da Expo’98 (com Filipa Pais), Uxía regressa a Portugal para o fecho da tour Meu Canto.

A sua relação com a música lusófona estende-se a participações em temas com Carlos do Carmo, António Zambujo, João Afonso, Sara Tavares e Lenine, entre outros. Em 2005, Uxía criou o Festival Internacional da Lusofonia “Cantos na Maré”, de que é directora artística e para o qual convida anualmente artistas de diferentes países lusófonos e quadrantes musicais –como Sérgio Godinho, Rui Veloso, Chico César, Aline Frazão, Mayra Andrade, ou Tito Paris–, desafiando-os a criar parcerias inéditas, ao vivo.

  • Uxía: voz
  • Sérgio Tannus: guitarras, cavaquinho, pandeiro
  • Santi Cribeiro: acordeão
  • Isaac Palacín: percussão
  • Música
  • Coimbra
  • Qui, 1 de Outubro 2015
  • 21:30

Foro

Conservatório de Música de Coimbra, R. Pedro Nunes, Coimbra

Entradas

Preço dos bilhetes: 12€ (11€ +65 anos; 10€ sócios A2C2)

Mais informações

Livecom

Créditos

Organizado pelo Conservatório da Música de Coimbra.

Ferramentas